fbpx

Professora do Coppead/UFRJ Claudia Araujo participa de evento que alerta sobre o baixo investimento brasileiro em ciência e inovação

Portal: Época

FÓRUM DE SAÚDE BRASIL: A PESQUISA SALVA VIDAS

O programa de imunização anda a passos lentos no Brasil e há escassez de insumos para a produção de vacinas, importados da China. No primeiro dia do Fórum de Saúde Brasil — realizado por O GLOBO, Valor Econômico e ÉPOCA, com patrocínio de Dasa —, ficou a sugestão de que essas carências teriam sido mitigadas se o país investisse mais em ciência. Sim, temos bons centros de pesquisa médica, mas é preciso ir além das ilhas de excelência para, no futuro, enfrentar novas ameaças sanitárias e resolver problemas crônicos da saúde pública.

O evento foi aberto, na manhã da segunda-feira 10, com o tema “A gestão dos hospitais durante a pandemia de Covid-19 em suas diferentes fases”. Da discussão mediada pela jornalista Flávia Oliveira, participaram o diretor executivo da Associação Nacional de Hospitais Privados (Anahp), Antônio Britto; o diretor-geral do Hospital Municipal Ronaldo Gazolla, no Rio de Janeiro, Roberto Rangel; o diretor-geral de Negócios Hospitalares e Oncologia na Dasa, Emerson Gasparetto; e a professora do Coppead/UFRJ e EAESP-FGV Claudia Affonso Silva Araujo.

Para ler a matéria completa, clique aqui.

Rolar para cima