fbpx

As organizações e a felicidade no trabalho: uma perspectiva integrada

Tipo
Artigos

Ano
10/11/2017

Linha de Pesquisa
Formação, Crescimento e Transformação de Sistemas de Negócio, Organizacionais e Sócio-Econômicos

Autor(es)
Gisela Sender & Denise Fleck

Orientador

https://www.scielo.br/pdf/rac/v21n6/1982-7849-rac-21-06-0764.pdf


Revista de Administração Contemporânea, v. 21, n. 6, pp. 764-787. Resumo: A despeito do grande número de estudos relacionados à felicidade derivada do trabalho nas organizações, estes são dispersos, divergentes e, portanto, pouco conclusivos. Isto traz dificuldades para a evolução da pesquisa sobre este tópico e para a tomada de decisões no dia a dia quanto ao tema nas empresas. Tomando por base uma revisão de literatura abrangente, este artigo propõe uma perspectiva que engloba o conhecimento desenvolvido sobre o assunto até o momento. Para tanto, parte de três questões: como se define felicidade no trabalho; o efeito da felicidade no trabalho nos resultados das empresas; e o que torna os indivíduos felizes no trabalho. A proposta de perspectiva integrada utiliza os princípios de Kahneman e Riis (2005), concentrando-se principalmente nos antecedentes da felicidade no trabalho e seus possíveis impactos no comportamento do indivíduo na organização.

Rolar para cima