fbpx

Portal: Valor Econômico

“PEC emergencial precisa de contrapartida fiscal”

Defensora do compromisso fiscal, Margarida Gutierrez reconhece importância das ações de auxílio do governo no combate à pandemia

A despeito do custo fiscal, as medidas adotadas pelo Ministério da Fazenda e pelo Banco Central no ano passado para estimular a economia “valeram a pena” e garantiram ao Brasil uma retração menor de seu Produto Interno Bruto (PIB), frente a perdas registradas por outros países. A avaliação é da professora do Instituto de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração da Universidade Federal do Rio de Janeiro (Coppead/UFRJ) Margarida Gutierrez, que é forte defensora do compromisso fiscal, mas reconhece a importância das ações, tanto as do ano passado quanto a retomada neste momento, diante do cenário extraordinário trazido pela pandemia.

Assessoria de comunicação: Contextual

Para ler a matéria completa, clique aqui.

Rolar para cima