fbpx

Em matéria do jornal O Globo, Margarida Gutierrez comenta fala do presidente do Brasil sobre a economia do país

Portal: O Globo

O Brasil está mesmo quebrado? Veja o que dizem economistas sobre declaração de Bolsonaro


Presidente diz que país não tem recursos para concretizar suas promessas. Para especialistas, situação é grave, mas governo deveria estar pronto para enfrentá-la

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta terça-feira que o país está “quebrado” e que ele não consegue “fazer nada”. Bolsonaro citou a alteração da tabela do Imposto de Renda (IR) como uma de suas promessas que não consegue cumprir, mas não é difícil lembrar outras.

‘Guedes ficou sozinho, com muito ministro pedindo mais gasto público’
Margarida Gutierrez, professora da Coppead/UFRJ

O Brasil tem dificuldades gravíssimas desde 2016. Se olharmos as contas públicas, é um desastre.

No Orçamento, 94% da despesa são obrigatórias, 73% são gastos obrigatórios indexados, não tem manejo de política fiscal. O Congresso só vota 6% do Orçamento.

Temos uma trajetória de dívida pública que é a maior dos emergentes, carga tributária digna de país rico, renúncias fiscais de todos os lados. São R$ 400 bilhões em isenções.

Os outros 30% vão para saúde, investimento, educação, custeio da máquina. De qualquer lado dessa história, os dados são horríveis: são 70% do Orçamento em somente três itens: Previdência, pessoal e BPC.

Já fizemos a reforma da Previdência e só falta mexer no gasto com pessoal. O ministro da Economia, Paulo Guedes, ficou sozinho nessa defesa, com muito ministro pedindo mais gasto.

Além disso, teve o desgaste de Bolsonaro com o Congresso, que não dava espaço para negociar as medidas para mexer com o gasto obrigatório. PECs (propostas de emenda à Constituição) foram apresentadas no fim de 2019 e nada foi votado. Estamos assim desde 2016, mas só fizemos a reforma da Previdência.

Assessoria de Comunicação: Contextual

Para ler a matéria completa, clique aqui

.

Rolar para cima