fbpx

Professor Rodrigo Leite analisa em artigo da Investing.com movimentos da Bolsa de Valores em 2021

Portal: Investing.com

Fluxo de investidores para a bolsa é estrutural e deve se manter em 2021; entenda

Investing.com – O ano de 2020 foi histórico para a bolsa de valores brasileira. Em outubro, a B3 (SA:B3SA3) superou o marco de 3 milhões de investidores pessoa física, contra 1.681.033 no fechamento de 2019: alta de 82,37%.

De imediato, o motivo parece ser simples: a taxa Selic, que fechou 2019 em 4,5%, foi sucessivamente reduzida pelo Banco Central até chegar em 2% em agosto, patamar que foi mantido desde então. Isso significa, na prática, que os investimentos em renda fixa, especialmente as aplicações cujo rendimento segue a Selic, ficaram cada vez menos rentáveis. A solução, então, parece ter sido a fuga para a renda variável.

Mas isso não é tudo.

Outro movimento que impulsionou a migração de investidores para a bolsa foi a adição de novas opções de investimento. Maurício Lima, gerente de produtos da Westen Asset cita, por exemplo, as BDRs, que em 2020 passaram a ser abertas para todos os investidores.

Assessoria de Comunicação: Contextual

Para ler a matéria completa, clique aqui.

Rolar para cima