Abertura de mercado: o que esperar do Ibovespa e dólar nesta 5ª-feira

Em artigo replicado pelo MSN, o profº de Finanças e Controle Gerencial, Rodrigo Leite, comenta as possíveis mudanças de mercado da Ibovespa.
Artigo: Prof. Rodrigo Leite

Atenções ainda voltadas à crise da Americanas (BVMF:AMER3), que teria somente R$ 800 milhões no caixa, diante de uma possível recuperação judicial, à repercussão das falas do presidente, que concedeu entrevista pela primeira vez após os ataques aos poderes e à continuidade das tratativas durante o Fórum Econômico Mundial, realizado em Davos, nos alpes suíços.

Rodrigo Leite, Professor de Finanças e Controle Gerencial do Coppead/UFRJ, avalia que a mensagem brasileira sobre as perspectivas para economia durante o fórum ainda é confusa. “Embora tenha tido um aumento grande dos gastos, também houve a procura de um superávit primário. Porém, o plano para se conseguir esse superávit é bastante incipiente, difícil de ser aplicado. Muito provavelmente ainda teremos um déficit esse ano”, avalia o professor. Ainda que seja possível um superávit esse ano, Leite afirma que muitas das receitas não seriam recorrentes. “Como, por exemplo, a mudança de como vai ser feita a cobrança de tributos federais atrasados, é uma receita única, não recorrente, é um problema olhando do ponto de vista a longo prazo”, completa.

(…)

Acesse o artigo na íntegra clicando aqui.

Veja todas as nossas outras notícias clicando aqui.

Scroll to Top
Rolar para cima