fbpx

Sem reforma e leilão de petróleo, governo prevê rombo fiscal em 2020 maior que o previsto

O Globo – 17/04/2019

A professora Margarida Gutierrez concedeu entrevista ao Portal de Notícias O Globo

 

Déficit deve ficar em acima dos R$ 139 bi deste ano. Cenário é alerta a Congresso para aprovar mudanças na Previdência

– É muito importante que o governo sensibilize através números. É a melhor forma de convencimento da necessidade da aprovação da reforma. Eles servem como referência da gravidade da não aprovação da PEC. Sem isso, nossa dívida pública vai entrar numa trajetória crescente e a saída vai ser a hiperinflação ou calote e, em ambos os casos, a economia vai entrar numa recessão nunca vista antes na história – avalia a economista especialista em contas públicas Margarida Gutierrez, da UFRJ.

Para que a aprovação da reforma tenha efeito positivo sobre as contas públicas no ano que vem, no entanto, é imprescindível que seja mantida a regra de transição prevista no texto, que prevê a implantação do aumento da idade mínima a partir de 2020, observa Margarida:
– A regra de transição é um ponto nevrálgico. Já ajuda no caso do servidor público, por exemplo, que ser quiser receber a integralidade do último salário e manter a paridade com os ativos terá uma idade mínima maior para atender já em 2020.

 

Rolar para cima