fbpx

Suno Notícias publicou matéria sobre os ETFs Temáticos com entrevista do prof. Carlos Heitor

Portal: Suno Notícias

No Brasil, o mercado de fundos de índice tem se expandido e as temáticas, se diversificado. O fato de o MILL11 e o BXTC39 não existirem na Bolsa de Valores de São Paulo (B3) antes de abril é uma indicação da tendência. Há cerca de um ano, eram 23 os ETFs listados no Brasil. Hoje, são 43 — sete de renda fixa e 36 de renda variável.

O crescimento foi visto como natural por Carlos Heitor Campani, professor de Finanças do Coppead-UFRJ, diante do aumento CPFs na B3 — de 2.648.975, em junho de 2020, para 3.738.203, de acordo com dados mais recentes. “Não me surpreende em nada,” expôs o especialista.

Com a Bolsa em crescimento, Campani disse ver uma “estrada de oportunidade” para ETFs temáticos. E neste oceano, “Itaú (ITUB4) e BlackRock (BLAK34) estão nadando de braçada”.

Acesse a matéria na íntegra clicando aqui.

Rolar para cima