fbpx
finanças-pessoais-carlos-heitor

Carlos Heitor Campani explica sobre Investimento na Bolsa em sua coluna na Valor Invest

Portal: Valor Investe

Investir na bolsa é realmente tão arriscado assim?

Olá pessoal! Com investimentos de renda fixa em patamares baixos para a cultura brasileira, muitas pessoas acabam procurando o mercado de ações. O problema é que a bolsa brasileira é realmente muito volátil no curto prazo, o que afugenta muitos investidores. Quero, então, dividir com vocês uma ideia simplesque tal imaginar uma carteira rebalanceada apenas uma vez ao ano, com metade de seu montante investido na bolsa brasileira e a outra metade na bolsa norte-americana?

Antes de mais nada, cabe ressaltar que esta estratégia é facilmente implementável através de ETFs da B3. Há ETFs, por exemplo, que refletem os retornos do Ibovespa, do IBrX 100 (bolsa brasileira) e do S&P 500 (bolsa norte-americana) a custos razoavelmente baixos: taxas de administração próximas de 0,2% ao ano. É fácil encontrar no site da B3 a lista de todos os ETFs disponíveis. Além disso, com apenas um rebalanceamento ao ano, o trabalho e os custos de transação para gerir a estratégia ficam reduzidos a patamares quase desprezíveis.

Para ler a matéria completa, clique aqui.

Rolar para cima