fbpx

Em mais uma coluna do professor Carlos Heitor Campani, no portal de notícias Valor Investe, ele destaca a importância da educação financeira na vida dos nossos filhos

Portal: Valor Investe
Data: 2/9/2020

 

Educação financeira: é hora de mudar um paradigma

E educar nossos filhos de acordo com um novo modelo de finanças pessoais

 

Na semana passada, abordei a razão pela qual considero educação financeira tão importante. Recebi inúmeros e-mails e mensagens em minhas redes sociais, com enorme repercussão e agradeço por cada contato. Esse feedback é valioso e seguirei, portanto, falando de educação financeira. Proponho hoje a todos vocês uma mudança de paradigma, que, de forma natural, rege minha vida financeira desde meus vinte e poucos anos (e só vejo benefícios). É uma dica que não se encontra por aí e que pode, inclusive, mudar a maneira como educamos nossos filhos para lidar com suas finanças pessoais (provavelmente, isso é o mais importante!). Mas, antes de chegarmos a ela, preciso contextualizar para te convencer.

Hoje é lugar comum blogueiros, youtubers e influenciadores de finanças pessoais aconselharem seus seguidores a manterem uma reserva financeira para emergências de curto prazo. E isso está certíssimo. Aliás, afirmo que todos devem ter três tipos de reservas, como se fossem investimentos em caixinhas totalmente separadas.

A reserva de longo prazo é a para a aposentadoria, ou seja, que comporá sua renda na terceira idade e possibilitará reduzir (ou até cessar) o ritmo de trabalho, permitindo mais tempo para os netos, para viagens e para tudo aquilo que te fizer feliz nesse momento especial da vida. Já a reserva de médio prazo é aquela que perseguirá algum sonho que hoje parece distante, como a compra da sua casa própria.

Assessoria de Comunicação: Contextual

Para ler a matéria clique aqui.

Rolar para cima