Luís Antônio Dib no Investing.com: tendências demográficas e o crescimento econômico

As relações entre o desempenho da economia de uma nação e as tendências demográficas são alvos de diversas pesquisas, principalmente, na compreensão da prosperidade global e a solidez das finanças públicas. A análise dessa questão é o tema do artigo do professor de Marketing e Negócios Internacionais do Coppead/UFRJ, Luís Antônio Dib, no Investing.com.

“O encolhimento das populações produz economias estagnadas. Economias estagnadas criam efeitos culturais instáveis, como uma mentalidade de soma zero que, ironicamente, torna mais difícil buscar políticas pró-crescimento. Por exemplo, as pessoas em regiões de crescimento lento podem ter medo dos imigrantes porque eles parecem representar uma ameaça às escassas oportunidades de negócios, embora a imigração represente a melhor chance desses lugares de aumentar sua população e economia.”.

Acesse o artigo na íntegra clicando aqui.

Rolar para cima