fbpx

Comunicação

Quais os melhores e piores setores para investir na bolsa de valores? Por Carlos Heitor Campani

Começo explicando que um problema de otimização consiste em uma situação na qual desejamos encontrar o ponto ótimo, que normalmente minimiza ou maximiza uma função objetivo. Problemas de otimização aparecem em muitas áreas do conhecimento humano, como, por exemplo, em logística, em redes de energia, no varejo e, claro, em finanças.

A força da educação executiva por professor Vicente em portal da Revista Empresários

Sabemos que a boa formação educacional, a competitividade das empresas e a pujança da economia de um país estão interligadas. Quão maior o investimento em educação, maiores os níveis de capacitação, produtividade e inovação das economias. Os economistas chamam isso de Capital Humano.

A força da educação executiva por professor Vicente em portal da Revista Empresários

Sabemos que a boa formação educacional, a competitividade das empresas e a pujança da economia de um país estão interligadas. Quão maior o investimento em educação, maiores os níveis de capacitação, produtividade e inovação das economias. Os economistas chamam isso de Capital Humano.

O portal Mais Retorno veiculou matéria do professor Carlos Heitor, sobre as fortes perdas dos bancos nos últimos dias na bolsa de valores

“Por trás de tudo está a deterioração do cenário político, em meio às incertezas ainda com a pandemia, uma combinação que atinge o setor financeiro na veia”, analisa Carlos Heitor Campani, professor pesquisador do Coppead-UFRJ.

Entrevista do professor Rodrigo Leite no Valor Investe sobre a privatização dos Correios

O professor de controle gerencial do Coppead/UFRJ, Rodrigo Leite, não é tão otimista sobre a manutenção dos empregos dos servidores. “É muito provável que os profissionais com salários mais altos sejam demitidos, assim que possível, para a contratação de pessoas que executem a mesma função por um valor muito menor.

Rolar para cima